segunda-feira, 12 de março de 2012

WOOK trouxe o correio...


Chegaram mais quatro livros para a minha ainda modesta biblioteca.
Não fui capaz de definir a ordem pela qual efectuarei a leitura...

Querem ajudar-me com a vossa opinião?

O auxílio seria muito bem-vindo... :)

23 comentários:

Wicahpis disse...

O único que li foi "O Caderno de Maya" e gostei muito...

Offuscatio disse...

Acho que não te posso ajudar :) Não consigo ler Isabel Allende e ainda não me aventurei com Charles Dickens. No entanto é um dos objetivos deste ano; mas elegi "Conto de Natal". ¡Desfruta das novas leituras!

André Nuno disse...

Wihcapis,
obrigado pela visita e pela opinião! :)
Estou mesmo indeciso.

Offuscatio,
qualquer um destes quatro livros são novas experiências para mim. Nunva li nada de nenhum destes autores... :)
Obrigado!

Paula disse...

Servidão Humana, será uma das leitura que farei ainda este ano!
:)

André Nuno disse...

Paula,
isso é bom! Assim podemos trocar opinião! :D

isa disse...

tantos livrinhos para ler :)
desses só conheço o caderno de maya e mesmo assim ainda não o li!
bj e boa semana

André Nuno disse...

Isa,
fico sempre com um sorriso infantil quando chegam livros... ;)
Bj e boa semana. Obrigado!

Iceman disse...

Servidão Humana, simplesmente fantástico. Um dos melhores livros que alguma vez li.

André Nuno disse...

Iceman,
estou a ficar ansioso e ainda me faltam 700g de "O Quinto Dia" ;)
Será interessante comparar opiniões!
Obrigado.

tonsdeazul disse...

Que quatro excelentes compras!
Adoro a capa desse "David Copperfield" e sendo da Relógio D' Água está bem melhor traduzido do que o meu. ;)
"Servidão Humana" espero ler um dia. Não sei quando, mas está na lista. :)
Já li boas opiniões a esse de Isabel Allende, mas também ainda não o li.
Quanto ao de Taichi Yamada, nada sei...
Boas leituras

Nuno Chaves disse...

Olá André... eu pegaria em David Copperfield de Dickens. É esta a minha sugestão.
Como é que correm as compras na wook? costumam chegar em condições? e como é a forma de pagamento deles.
As únicas compras online que costumo fazer e já o fiz várias vezes é na Saída de Emergência e costumo ir buscar aos correios e depois pago lá.

André Nuno disse...

Tons de Azul,
espero bem que a tradução esteja à altura da História desta obra. ;)
Assim não me ajudaste a decidir!! :)

Nuno,
acho que vai mesmo ter de ser uma coisa de momento. Está difícil a escolha.
Nunca tive qualquer problema com a Wook. Estou satisfeito com a variedade da oferta, o preço e a rapidez da entrega. Os livros a maior parte das vezez vêm impecáveis.
É fácil trabalhar com eles. Fazes o registo. Crias a tua lista de compras e vais encomendando o que queres. Quando fazes a encomenda dão-te uma referência multibanco, pagas e depois enviam-te a encomenda. Nunca tive o mais pequeno problema. :)

Carla M. Soares disse...

Li o Servidão Humana e o David Copperfield há já muitos anos, e são escolhas muito diferentes, mas ambos muito bons - ambos têm o seu quê de "escuridão", embora, se bem me lembro, o David Copperfield acabe por ser menos amargo. Passou tanto tempo, posso estar meio esquecida.
Qualquer um deles é uma boa escolha.

Gabrielle disse...

Tenho a certeza que O Caderno de Maya será uma óptima escolha para começares. Já li Paula e De Amor e de Sombra da Isabel Allende e adorei!
Boas Leituras.

http://esempreumpoucodepois.wordpress.com/

Rogério Soares disse...

não sei quanto a você, mas eu iniciaria com o David Copperfield. Não porque ele é um clássico. Mas, porque o seu autor soube como pouco captar a dignidade humana em meio a mais absurda e abjeta sociedade que a história social já produziu. que inveja, me empresta o livro?

Iceman disse...

Estou curioso com a tua opinião sobre o "Quinto dia", livro que já me chamou a atenção mas que, me parece, vale pela história de fundo, pela ideia do autor.

André Nuno disse...

Carla,
achei aliciante essa caracterização de os dois que mencionas terem algo de sombrio... gosto disso!
A maioria das opiniões tem recaído nesses dois ou na Allende.
Para mim é sinal que qualquer um deles deverá ter bastante interesse e que pelo menos um deles já marcou alguém.
Sorte a minha que posso lê-los a todos! :)

Gabrielle,
obrigado pela opinião e pela visita. Tenho recebido bastantes sugestões, sobretudo no Facebook para o livro da Isabel Allende... :)
Boas leituras.

Rogério,
maravilhosa introdução ao David Copperfield. Gostei.
Será por esse que começarei?
Não sei. Será algo de momento a empurrar-me no livro certo.
Quanto a emprestar... não vai dar! ;)

Iceman,
estou a gostar bastante do livro. Tem uma história interessante e bastante actual. Parece-me que irá, todavia, desaguar em algo demasiado irreal ou ficcionado que desconfio não ser totalmente do meu agrado... Veremos.
Gostaria muito de o terminar esta semana mas são 1,541 kg de livro.
Logo que termine partilho opinião!
Obrigado.
Um abraço!

Jojo disse...

Eu não te posso ajudar muito.Não li nenhum dos autores com excepção de Charles Dickens e foi Um Conto de Natal.A escrita de Dickens é cheia de sentimento e impossível não gostar de pelo menos uma personagem. De Somerset tenho o Véu Pintado mas ainda não o li.

André Nuno disse...

Jojo,
penso que só me decidirei no momento mas acredito que a escolha recaia em Somerset ou Yamada. Curiosamente os extremos: o do japonês menos conhecido ou o do inglês que apaixonou quem já o leu. Talvez!
Obrigado. ;)

teresa dias disse...

Bom, fiquei sem fôlego!
Que belos títulos.
Tenho o Somerset mas nunca li - talvez seja agora.
Vou estar atenta às tuas, sempre excelentes, opiniões.
Bom fim-de-semana!

Dalva disse...

Isabel Allende sempre!

Paula disse...

Terminei Servidão Humana a semana que se passou, é um livro de uma qualidade MAGNÍFICA.
Quando deixaste de vir ao blogue estavas a ler. Deves ter terminado :) e se o terminaste gostaste de certeza ;)
Vemo-nos por aí
Abraço

André Nuno disse...

Paula,
de facto ainda não terminei. Parei a leitura por diversas razões e só agora estou a retomar esse tão necessário hábito.
Recomecei esta semana e, para já, estou a gostar bastante!
No final dar-te-ei a minha opinião.
Obrigado por tudo!
Um abraço grande.