domingo, 29 de janeiro de 2012

ENTRE LEITURAS



Leia, Ouça, Veja, mas sobretudo, Pense
[...]
Veja. 
Mas o que vê e ouve ou lê nada mais lhe traz senão matéria-prima de pensamento, já livre de muita impureza de minério bruto, porquanto antes do seu outros pensamentos o pensaram; mas, por o pensarem, alguma outra impureza lhe terão juntado. 
Nunca se precipite, pois, a aderir; não se deixe levar por nenhum sentimento, excepto o do amor de entender, de ver o mais possível claro dentro e fora de si; critique tudo o que receba e não deixe que nada se deposite no seu espírito senão pela peneira da crítica, pelo critério da coerência, pela concordância dos factos; acredite fundamentalmente na dúvida construtiva e daí parta para certezas que nunca deixe de ver como provisórias, excepto uma, a de que é capaz de compreender tudo o que for compreensível; ao resto porá de lado até que o seja, até que possa pôr nos pratos da sua balancinha de razão. 
A tudo pese. Pense.


Agostinho da Silva




Por enquanto ainda me encontro em Alagaësia, com Eragon e Orik esperando que Saphira chegue e nos leve de volta a Ellesméra para aprender algo mais que permita ao Cavaleiro do Dragão ficar mais forte, de forma a ser capaz de igualar a força do seu irmão derrotando Murtagh e o seu dragão Thorn. Ou será que os conseguirá salvar da sua obediência forçada ao Rei Galbatorix e, em conjunto, matar o Rei maldito e libertar Alagaesia do seu jugo de terror?
Logo veremos...

Boa semana a todos.

6 comentários:

Daniel Santos disse...

boa.

CMachado disse...

Boas Leituras!
André terminei, O Eterno Marido...
Livro curtinho numa tarde da pra ler.
Engraçado, esse livro,ri em muitos momentos. Sobre desconfiança, traição, Dosto como sempre vasculha a alma humana.
Continuarei com Dostô, mas estou lendo outro curto tb e grandioso ao mesmo tempo. Crônica de uma Morte Anunciada do Gabo. Adoro o modo como ele escreve!
Boas leituras!
Orquidea

André Nuno disse...

Orquídea,
tenho muita vontade de ler Dosto mas ainda tenho uns livros esperando serem lido e mais irão chegar antes do poder começar com os russos...
Ainda bem que vc gosta.
É tão boa a sensação de gostar de um livro, não é? ;)

Paula disse...

Tenho "O Eterno Marido" tenho de o ler. Assim como outras obras de Doistoievski
André Nuno, já leste "Crime e Castigo"?

André Nuno disse...

Paula,
não li, ainda, nenhum livro do Dostoiévski mas faz parte dos meus planos fazê-lo. Pode ser que ainda consiga este ano...
É esse o que me aconselhas?

Paula disse...

Sim,
Crime e Catigo :)
Tenho quase a certeza de que vais gostar.
Dostoievski aborda a mente de forma sublime.
Um livro a ler com calma para ir apreciando a informação. Um dia destes tenho de o reler :)